segunda-feira, 20 de junho de 2016

Como Eu Era Antes de Você: do livro ao filme

como eu era livro e filme

Olá pessoas! Fui assistir a Como Eu Era Antes de Você, na pré estréia, mas só tive tempo de falar sobre agora. Nesse post vou falar sobre minhas impressões do livro e do filme, espero que curtam!
Bom, pra quem não sabe, o romance é baseado num livro de Jojo Moyes. A trama fala basicamente sobre uma jovem chamada Louise (Lou), que trabalha num café, vive sua vida rotineira, namora um cara chamado Patrick e tudo está nos conformes.

Até que um dia ela recebe a notícia de que está desempregada, o café onde trabalha irá fechar, o dono do café irá mudar de cidade e não vai ter jeito de manter o lugar. (Isso é uma coisa que não é muito abordada no filme, só ficamos sabendo que ela é demitida e tal, enfim... )

Louisa Clark

Louisa não é muito boa com empregos, então ela fica um tanto quanto desesperada pra encontrar outro, somando o fato de que sua família passa por dificuldades financeiras também ela entra em choque. Corre pra agência e acaba encontrando um emprego peculiar, ou melhor, o emprego acaba encontrando Lou. Lá vai nossa garota pra entrevista e sai de lá com o emprego quase garantido. Mas qual é esse emprego? Bom, vocês já devem ter visto um rapaz na cadeira de rodas no trailer e tudo mais, então... seu emprego é cuidar desse homem tetraplégico.

louisa clark


Acontece que ele não é lá muito feliz (o que dá pra entender). Will Traynor era uma pessoa muito ativa, praticava esportes radicais, era feliz sendo ele mesmo, e de repente se vê nessa situação. Suas dores são fortes, em 2 anos seu quadro de saúde não melhorou, nem evoluiu, já não tem mais esperanças segundo os próprios médicos. E Lou tenta fazer o seu máximo para ajudá-lo. Tenta ser simpática, fazer chás, está sempre com um sorriso no rosto e sendo agradável. Me identifico muito com a personagem, pois sempre quero agradar as pessoas, independentemente se estou sendo paga ou não pra isso. O jeitinho meio doidinho de Lou, de ser extrovertida também me faz identificar comigo.

louisa clark

E assim a história vai se desenrolando, Lou encontra dificuldades pra lidar com Will, pede ajuda da irmã, pensa em desistir... Acontece que ela acaba se apaixonando por ele (MAS QUEM NÃO SE APAIXONARIA NÃO É MESMO MANAS?).... massss não posso falar mais pois vou estragar o filme pra vocês! Haha. Mas agora minhas impressões: o filme é MUITO fiel ao livro. Exceto algumas coisinhas que o filme não mostra muito, como o porque dela ter sido demitida e tal, mas é normal, adaptações são assim mesmo, não dá pra por TUDO. E não, eu não chorei. Acho que não sou tão emotiva quanto pensei haha, ou por eu ter lido eu já sabia o que ia acontecer e não me abalei muito. Mas assim... vá com os lencinhos preparados, a fileira atrás da minha estava aos prantos.

will traynor
Apesar de tudo é um filme bem divertido, tira muitas risadas e prende o espectador até o final! Não é o melhor filme do mundo, mas é um filme bem amorzinho! Envolve ainda polêmica: a vida de pessoas com deficiência física. Inclusive o filme foi muito criticado e problematizado por isso, acredito que deve ser discutido sim, e eu entendo o lado das pessoas com deficiência, mas acho que pra quem entendeu bem a história, foi apenas uma história. Não é um livro/filme de auto ajuda/superação. É uma história de um homem que sofreu um acidente e isso mudou completamente a noção de ver o mundo e a vida. Acredito que devamos respeitar sempre as escolhas de cada um, pelo menos eu acho que é aquela história "eu nunca passei por isso que o personagem passou, logo não posso julgar sabe? Nem certo nem errado." Meu namorado concordou comigo também, ele se colocou no lugar de Will e ele mesmo disse que não saberia como viver assim.

jojo moyes

No geral: um bom livro, um bom filme. Vale a pena assistir com aquele pote de sorvete do lado e um ombro amigo também! Espero que tenham gostado e se você assistiu comente aqui o que achou! 



4 comentários:

  1. Eu adorei o livro, acabei de ler a continuação (que não adorei, haha) e tô super ansiosa pra ver o filme! Fico feliz de saber que é bem fiel, e já tô preparando os lenços sim, porque chorei lendo o livro, haha.
    Na época da leitura eu não tinha parado pra pensar nessa polêmica aí - concordo com você, que é uma história - mas entendo porque quem é deficiente não tá contente com o filme, né. :/
    Espero assistir em breve.

    Beijos!
    Vestindo o Tédio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim eu entendo também! É bem difícil essa situação, quem não tem vivência que eles tem não pode opinar se é a favor ou contra isso, apenas respeitar né. :/ Mas assista o filme e me conte o que achou! Beijos!

      Excluir
  2. Olá, eu tenho esse livro a bastante tempo, ele está sempre na minha listinha de "para ler" mas eu nunca peguei nele, amei muito o tema dela mas só Deus sabe quando que eu vou realmente ler-lo.

    http://idealizandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha tenho vários livros nessa situação Jennifer! Somos duas haha mas quando tiver um tempinho leia sim é bem legal ;*

      Excluir